terça-feira, 22 de maio de 2018

Vejo os temas de discussão na Câmara Municipal de Maringá e...

...Me lembro das coisas que aconteciam num passado não tão distante.


Febeapá - O Festival de Besteira que Assola o País é o título do primeiro livro de uma série de três do autor brasileiro Sérgio Porto, cujo primeiro volume foi publicado originalmente em 1966 e que reúne os textos que ele publicara com o heterônimode Stanislaw Ponte Preta, criado justamente para escrever as crônicas que revelavam com humor as coisas que ocorriam após o Golpe Militar de 1964, e eram publicadas no jornal Última Hora.
Os três volumes de Febeapá foram, em 2015, reunidos em um só pela editora Companhia das Letras.
Neles Porto/Stanislaw criou expressões que se tornaram gírias de uso por todos e integram o vocabulário corrente, como "cocoroca", "teatro rebolado" ou "redentora" (para designar o regime militar).


segunda-feira, 21 de maio de 2018

Cuidado com as FAKE NEWS e BLOGS tendenciosos

Como a internet é terra de ninguém, o compromisso com o verdadeiro jornalismo também campeia nesta seara.

Notícias falsas são plantada em todas as áreas. Não é raro ver notícia de mortes de pessoas famosas que continuam (graças a Deus) vivas.

Lula mentia sobre números do Brasil, em palestras no exterior (confessou isso) e seus seguidores continuam fazendo o mesmo.

Além dos adestrados para publicar notícias falsas, até robôs estão fazendo isso.

PORTANTO muito cuidado com as origens das postagens informativas. Verifique se é de site confiável (e os descompromissados tentam até nomos parecidos dos sites para enganar).

Verifique se quem está publicando, é JORNALISTA sem tendências ou se é jornalista mesmo.


quinta-feira, 10 de maio de 2018

ADVOGADOS DE LULA SÃO INCOMPETENTES

Oras, só repito aqui o que eles falaram o tempo todo.
Se não há provas;
Se é inconstitucional;
Sé é perseguição política;
Se Moro é parcial e não tem condições de ser juiz.
Por que não obtiveram sucesso algum na primeira instância, segunda instância, STJ, no STF e ainda nos tribunais mundiais -que nada valem?

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Vai faltar cadeia

STF aceita denúncia e decide manter Geddel Vieira Lima na prisão. Aliás o Supremo abre processo contra os irmãos Geddel e Lúcio no caso dos R$ 51 milhões em malas num apartamento.
***
O Supremo Tribunal Federal decidiu: não vai julgar ações que revisam prisão em 2ª instância em 2018.
***
O ministro Alexandre de Moraes envia investigação de Aécio Neves para a Justiça de Minas Gerais.
***
Lava-Jato prende cinco e mira propina de R$ 200 milhões para MDB e PT; operaçãoDéjà Vu investiga contrato citado por delator em reunião com Michel Temer. O presidente eleito pelo PT, que na voz dos petistas virou "golpista"

Sindicalismo em baixa

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Maringá (SIVAMAR), Ali Wardani, se mostra preocupado com os rumos da entidade.
Não quis fazer posse festiva em sua reeleição na presidência, pois gastos adicionais não são propícios.
Com a divisão em que um novo sindicato fora criado para o setor de supermercados, o poder de arrecadação caiu bastante e com a não obrigatoriedade de se cobrar dos associados, os pagamentos são ínfimos.
Waradani diz que o sindicato está enxugando gastos até com demissão de antigos funcionários e não vê boas perspectivas até o final do ano.

terça-feira, 8 de maio de 2018

Profiteroles para Lula

Só falta agora a militância "pão com mortadela" ir para as ruas e protestar em frente a Polícia Federal em Curitiba, para reivindicar profiteroles na sobremesa da "quentinha" de Lula.
- Esteira ergométrica,
- Toldo especial
- Frigobar (negado)
- Visitas liberadas
(e aí)...

ADVOGADOS DE LULA

As burras devem estar bem cheias.
Lula não tem como gastar seu dinheiro, mas os advogados sim.
Não é à toa que eles entram com recursos e mais recursos, para gerar serviços e abastecer a banca advocatícia de serviços e levar esperanças para Lula e seus asseclas.
E dá lhes sucumbências.

segunda-feira, 7 de maio de 2018

EXPOINGÁ: Cantor de Segunda

A atração artística desta segunda-feira (7) no Parque de Exposições é Gustavo Lima, o sertanejo que canta solo.
A pratica de cobrar ingresso para quem vai assistir o show de maneira diferente para quem só vai ao parque em outras dependências é altamente elogiável. Há algum tempo a cobrança era igual para todos, coisa injusta.
No entanto, os preços praticados são elevados em demasia, para um serviço -quase público, tanto no show quanto no ingresso ao Parque.

domingo, 6 de maio de 2018

CRÔNICAS POLÍTICAS

ESTADOS UNIDOS "O ESCAMBAU"

O Hot-Dog (cachorro quente) - ou como se diz em Maringá (e só em Maringá) "CACHORRÃO" - é o lanche típico de Maringá, no noroeste do Paraná, (Estado da União Federativa do Brasil), hemisfério Sul, na América do Sul.

TIRARAM O BODE DA SALA

O governo do Estado, capitaneado ofialmente por Cida Borghetti tirou o bode da sala, como diz o velho dito popular. 
Foi anunciado que as contas de emergia elétrica (Copel) voltou a ser recebida nas casas lotéricas do Estado, através de um acordo com a Caixa Econômica Federal.
Aleluia, todos ficaram felizes. Já podem pagar as suas contas sem transtornos.
No entanto, a conta continua alta demais e isso não se discute!

DIA DO OFTALMOLOGISTA

Hoje é dia do médico especializado em olhos. Aos oftalmologistas nosso preito de gratidão pelo muito que fazem em favor da visão saudável.

SEM MOEDA DE TROCA
Umberto Crispim de Araújo, presidente do MDB municipal (Maringá) esteve lado-a-lado com o grupo de Ricardo Barros nas últimas eleições e participou da gestão de Silvio Barros.
Ele sempre esteve ao lado do senador Roberto Requião e era um dos seus escudeiros em todas as eleições. Ocorre que Requião está long de pactuar com Ricardo Barros, o homem forte da gestão de Cida Borghetti no governo do Estado.
Além disso ele não tem condições de ceder o horário político já que a disputa nessa próxima eleição não é de cunho municipal.
E para dificultar a vida de Crispim, vários sindicatos estão se posicionando contra a sua nomeação, já que ele pleiteia um cargo expressivo na Sanepar. De apoio mesmo, só o de Miguel Grillo e John Alves Correa.
Tá difícil.

OS MÉDICOS ESTÃO AUTORIZADOS, MAS...

O vereador Odair Fogueteiro  jogou para a torcida e fez um projeto de Lei, que foi aprovado (por uma Câmar Municipal totalmente desorientada). Essa Lei autoriza os médicos a trabalharem nos Postos de Saúde Municipal - só que sem receber nada por isso.
Oras, se ganhando salário que consideram baixo ninguém quer trabalhar, imagina se vão trabalhar de graça, para que vereadores façam campanha eleitoral em cima disso.

DISCUTEM COTÊINER QUANDO NA VERDADE FALAM SOBRE LIXEIRAS

Estou duvidando da capacidade intelectual dos vereadores de Maringá.
Atualmente eles discutem regulamentação sobre a fabricação e uso das lixeiras na cidade. Só que falam que aquilo é contêiner, também não é Caçamba (aquele utilizado para lixo de contrução). Querem regulamentar uma coisa que nem sabem do que estão tratando.

PÉROLAS DA VEREANÇA

Outra coisa que vai fazer o descrédito dos atuais vereadores é a Lei aprovada com relação a abertura dos Supermercados aos domingos. A justiça vai mostrar que eles estão legislando sem orientação e sobre o que não sabem.
Incrível é que tem vereadores envolvidos que não são de primeiro mandato.

NÃO SÃO SÓ CRITICAS...

A Câmara Municipal tem coisas boas sim. Pelo menos na sala da imprensa anexa ao plenário: o cafezinho e o leite queimado.

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

MORRE O Professor DR. Dorival Moreschi Jr.

Vítima de câncer.
De muitos amigos, deixa saudades!
Nascido em Maringá
Formado em Medicina pela Universidade Estadual de Londrina (UEL – 1988)
Residência Médica em Angiologia e Cirurgia Vascular no Hospital Evangélico de Londrina, concluída em 1992.
Título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular.
Mestrado e Doutorado na Universidade Estadual de São Paulo (UNIFESP).
Professor Adjunto do curso de Medicina da Universidade Estadual de Maringá.
Coordenador Médico do curso de Medicina da UniCesumar.
Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Cirurgia Vascular, atuando principalmente nos seguintes temas: Pesquisador na área de Angiogênese; Doenças Vasculares Periféricas: arteriais, venosas e linfáticas.

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

OSVALDO FERNANDES REIS, Postumum

Osvaldo Fernandes Reis
Para muitos o eterno Rei Momo de Maringá, que na época era muito conhecido pela animação  e era chamado de “Rei Momo, primeiro e único”.
Meu primeiro contato com ele foi logo depois que ele construiu sua casa no Jaardim Tabaetê, fui lá com o fotógrafo Burzega (Edson Guitti) que era muito amigo dele, fomos recebidos com um churrasquinho bem informal.
No decorrer do tempo convivi muito com Osvaldo Reis, com contatos constantes aos finais de semana na Boca Maldita, onde ele tinha uma mesa cativa na Açucapê, sempre rodeado de bons amigos.
Ele era um bom bate-papo, para coisas sérias e também bem humoradas. Escrevo só agora, quase um ano depois de sua morte pois a notícia me chocou muito. Ele era um profundo conhecedor de Maringá. Foi chefe de gabinete do deputado federal Renato Bernardi, também foi chefe de gabinete de Said Ferreira.
Morava sozinho e sempre falava saudosamente de sua mãe.
Ele tinha uma paixão pelas letras. Foi sócio fundador da Academia de Letras de Maringá, junto com o professor Galdino Andrade. Aliás ele foi o mestre de cerimônia que deu posse aos primeiros acadêmicos. Na época dei uma de enrolador tanto nele quanto no (meu) professor Galdino Andrade (que também era advogado) e não tomei posse, nem na fundação e nem depois.
Ele sempre estava com algum livro “no prelo” e me chamava de sócio num livro que estava fazendo (nem sei se concluiu) sobre casos de crianças. Cheguei a pesquisar com ele e ele colocou as minhas histórias no papel, com grande mestria.
Foi justamente num domingo, que ele deixou esse plano terrestre, dia em que estava com amigos.
Há pouco tempo, em contato com ele, contava que estava fazendo uma espécie de auto-biografia, que ele chamava de currículo fotográfico.

Depois de sua morte, fiquei sabendo que ele se desfez de tudo que lhe pertencia, ficando apenas com um velho carro e as roupas de uso diário. Foi para um asilo e preparou-se para a cirurgia que tinha que fazer. Teve uma fratura e infecção que o tirou do nosso convívio.

Vejo os temas de discussão na Câmara Municipal de Maringá e...

...Me lembro das coisas que aconteciam num passado não tão distante. Febeapá - O Festival de Besteira que Assola o País  é o título do p...